...
Pular para o conteúdo

O que é cheiro verde? Confira toda a verdade!

  • 18 minutos de leitura

O que é cheiro verde? Confira toda a verdade!

Você sabe o que é cheiro verde? São ervas aromáticas muito popular no Brasil, e tem muitos nomes diferentes, dependendo da região. Neste artigo, falarei de todas as diferentes coisas que precisa saber sobre o cheiro verde.

No artigo de hoje, iremos descobrir tudo o que você precisa saber sobre o cheiro verde, do princípio até o fim.

o que e cheiro verde

O que é cheiro verde

Vou explicar para você o que é cheiro verde, a sua origem e tradição.

Cheiro verde é uma mistura de ervas aromáticas muito popular no Brasil, que tem variações de acordo com a região. Os ingredientes mais comuns são: cebolinha, salsa ou salsinha, agrião, coentro, endívias e rúcula.

Há também versões que adicionam folhas de espinafre, alface ou couve.

Os ingredientes são utilizados para a criação de deliciosas receitas de culinária, que também vão variar muito, dependendo de cada região do país.

  • A combinação referida como “cheiro verde” no norte e nordeste do Brasil é composta por vários ingredientes, incluindo o coentro e/ou chicória do Pará, também conhecida como chicória do norte ou coentrão. Nestas zonas, é típico que a mistura não inclua a salsa.
  • A cebolinha e a salsa são utilizados no sul e sudeste do Brasil.
  • Em outras regiões, o termo “cheiro verde” refere-se apenas a um produto à base de salsa ou coentro.

Como nasci e vivi durante muitos anos da minha vida no nordeste, sempre achei que o cheiro verde se referisse à mistura de coentro, com salsa e cebolinha e fiquei bastante surpreendida pelo fato de existirem muitas variações.

Este nome não é muito conclusivo para quem desconhece a mistura das ervas, pensando talvez que seja à base de ervas com uma tendência para um aroma verde.

o que é cheiro verde infográfico

Para que serve o cheiro verde

Serve essencialmente para oferecer um paladar diferenciado, além de ser muito utilizado também para a decoração de pratos, o que é muito típico na gastronomia francesa.

Origem do cheiro verde

O cheiro verde como é conhecido no Brasil, tem as suas origens no Nordeste do país. Lá, era uma mistura comum de ervas que as pessoas levavam com elas nas suas viagens.

Os ingredientes eram fáceis de encontrar e era uma forma de garantir que teriam algo para comer, mesmo nos lugares mais remotos.

A mistura de ervas rapidamente ficou conhecida como “cheiro verde” devido ao seu aroma característico. A tradição de levar esta mistura com eles nas suas viagens espalhou-se gradualmente por outras partes do país.

Os benefícios para a saúde do cheiro verde

Existem muitos benefícios para a sua saúde quando consome os ingredientes do cheiro verde, mas eu vou focar nos quatro mais importantes.

1 – Ajuda na prevenção de câncer

Uma pesquisa norte americana, demonstrou que a cebolinha ajuda muito a prevenir o câncer do colo do útero e do reto, através da existência de organossulfurados no cheiro verde.

De acordo com outro estudo publicado no Journal of National Cancer Institute, os homens que comem mais ervas da família Allium, como a cebolinha, a cebola e o alho, tiveram uma menor probabilidade de desenvolvimento de câncer da próstata.

A salsa, por outro lado, é rica em miricetina, um flavonóide que ajuda na prevenção do câncer de pele. A apigenina encontrada na salsa desempenha um papel na redução do tumor. A salsinha pode ajudar a reduzir o risco de desenvolver câncer, comendo-a diariamente.

2 – Melhora a saúde óssea

A vitamina K é abundante na salsa e na cebolinha, o que é essencial para a força óssea. A deficiência de vitamina K tem sido associada a um risco acrescido de fraturas. As cebolas verdes são cruciais para o fortalecimento dos seus ossos.

3 – Melhora a saúde ocular

A cebolinha contém carotenóides luteína e zeaxantina, que ajudam a reduzir o stress oxidativo nos olhos e retardam a formação de cataratas. A salsa, por outro lado, é rica em vitamina A e antioxidantes tais como carotenóides e beta-caroteno que protegem os olhos de danos.

4 – Protege o coração

A salsa é rica em flavonóides, o que pode ajudar a reduzir o stress oxidativo e a melhorar a saúde cardiovascular. Também contém boas quantidades de vitamina B e ácido fólico, o que ajuda na prevenção do espessamento das paredes das artérias.

Também é elevado em potássio, o que pode ajudar a prevenir doenças cardíacas através da redução da pressão arterial.

A quercetina, encontrada na cebolinha verde, ajuda a baixar os níveis de colesterol e a placa arterial, o que pode levar à arteriosclerose, doença cardíaca, e derrame cerebral.

Como resultado, a cebolinha verde é o melhor alimento para a prevenção de doenças cardíacas.

o que e cheiro verde

Onde comprar cheiro verde

Existem duas formas distintas no mercado do cheiro verde, na versão fresca ou desidratada.

A versão fresca é mais difícil de encontrar, uma vez que tem um prazo de validade mais curto. A versão desidratada é mais comum e pode ser encontrada na maioria dos supermercados.

A melhor forma de comprar cheiro verde é no mercado dos agricultores, onde se pode encontrar o produto mais fresco possível.

Para não ser enganado, deve escolher o cheiro verde que é vendido em ramos, com as folhas ainda presas ao caule.

As folhas devem ter um aspecto verde brilhante e fresco. Evitar os ramos que têm folhas murchas ou amareladas.

Se não conseguir encontrar cheiro verde fresco, pode comprar a versão desidratada. Basta verificar a data de expiração e escolher um produto que tenha sido embalado recentemente.

O cheiro verde desidratado deve ser armazenado num local fresco e seco. Uma vez aberto, deve ser utilizado no prazo de seis meses.

De forma a que você fique completamente esclarecido ou esclarecida, vou falar um pouco mais sobre as ervas que integram as diferentes versões do cheiro verde.

o que e cheiro verde

Coentro

O coentro é uma daquelas ervas aromáticas que se ama ou se odeia, não tem meio termo. Na minha família todos gostamos muito do coentro, pelo sabor que ele oferece em uma variedade de receitas.

Ele é muito parecido com a salsinha, no entanto após nos aproximarmos dele verificamos de imediato que a sua forma, o seu cheiro e paladar são inconfundíveis.

É utilizado extensivamente em culinárias tradicionais brasileiras bem como um pouco por todo o mundo. No Brasil, ele é muito utilizado em receitas que necessitam de um paladar diferenciado como o famoso vatapá.

Também é muito usado em receitas de peixe e mariscos, tais como as deliciosas moquecas de camarão ou mesmo os bobós da Bahia, enfim uma maravilha!

Quando você estiver no mercado à procura de coentros, nunca confunda com a salsinha! A forma mais simples de saber se é coentro, é se tiver raíz.

O coentro também ajuda a saúde e é bom para a digestão, tem propriedades antiespasmódicas e desintoxicantes.

É também uma excelente fonte de vitaminas A, C e K, bem como de ácido fólico, ferro e cálcio.

o que e cheiro verde

Salsa

A salsa tem muitos nomes por todo o Brasil, mas por norma é muito conhecida como salsa ou salsinha. Esta erva é um alimento básico na cozinha brasileira e pode ser encontrada em quase todos os pratos.

Tem um sabor muito suave e é utilizada para dar aos pratos uma cor verde brilhante, bem como um paladar agradável.

A salsinha é tão flexível que é difícil arranjar um prato que não funcione com ela. A salsa é utilizada numa variedade de pratos, incluindo carne, frango, peixe, sopas, molhos, saladas, massas, risotos, omeletes, e até mesmo no pão.

E sabem o que ainda é melhor? É que a salsa faz bem à saúde, tais como o seu elevado teor em vitaminas A, C, e K. É também uma boa fonte de fibras alimentares, ferro, magnésio , e cálcio. Além disso, a salsinha é boa para a digestão, devido às suas propriedades desintoxicantes.

Não sei se sabem, mas aqui fica a dica!

A salsa deve ser acrescentada no fim, depois do prato ter sido preparado, uma vez que é uma erva sensível. Para além de ser utilizada como especiaria, a salsa também pode ser utilizada para decorar e guarnecer refeições.

Como preparar a salsa:

  1. Lave as folhas da salsa muito bem e deixe de molho durante 15 a 20 minutos.
  2. Secar a salsa muito bem.
  3. Picar as folhas e talos bem finos com uma faca afiada e sobre uma tábua de cozinha.
  4. Colocar a salsa no prato finalizado.
o que e cheiro verde

Cebolinha

O cheiro verde, tem um ingrediente que comum em todas as variantes, que é a cebolinha!

Ela pertence à família da cebola e do alho, mas o seu grande diferencial em relação aos seus irmãos está no seu paladar delicado e requintado. É por isso que a cebolinha é muito utilizada em receitas gourmet, nomeadamente na culinária francesa.

A cebolinha é um ingrediente que combina muito bem com todo o tipo de alimentos, tais como: carnes, peixes, ovos, omeletes, queijos e até mesmo em saladas, sopas e molhos e recheios de pratos.

No Brasil, existem 2 tipos distintos de cebolinha:

Cebolinha comum: Os caules ocos e cilíndricos são utilizados nas receitas de cheiro verde. Tem um sabor distinto e é mais robusto do que outras variedades, e pode ser adicionado às refeições no final. Também é utilizado para finalizar os pratos.

Ciboulette (cebolinha francesa): Variante fina da cebolinha comum com um sabor mais suave e delicado, é muito utilizada na finalização de pratos requintados, tipicamente de culinária francesa.

Sabia que a cebolinha ajuda muito na saúde?

Ela é uma boa fonte de vitaminas A, B-complex, C, e K. Têm também minerais como potássio, cálcio, magnésio, e zinco. A cebolinha é conhecida por ajudar em problemas tais como: infecções do trato urinário, diarréia, e até asma.

Como preparar a cebolinha:

  1. Lave os talos da cebolinha muito bem e deixe de molho durante 15 a 20 minutos.
  2. Secar a cebolinha muito bem.
  3. Cortar em rodelas muito finas, com uma faca bem afiada e em cima de uma tábua de cozinha.
  4. Colocar a cebolinha quando o alimento tiver terminado de cozinhar.
o que e cheiro verde

Chicória do Pará

A chicória do Pará também é muito conhecida como chicória do norte, devido à sua origem ser no norte do Brasil, mas também é conhecida como coentrão.

É uma erva tradicional das regiões da Amazônia, nomeadamente Belém do Pará, Manaus entre outras cidades, aí a chicória do Pará é muito utilizada em pratos regionais, tais como pato no tucupi, tacacá, bem como em receitas à base de peixe.

Como a chicória é resistente, deve ser adicionada ao recipiente de cozedura logo no início da sua preparação. Ela não perde o seu sabor com o tempo, pois tem um sabor poderoso e uma fragrância que lembra os coentros.

Sabia que esta erva ajuda bastante na sua saúde?

A chicória do Pará é uma boa fonte de vitaminas A e C, bem como de minerais, tais como o potássio, fósforo, zinco, e magnésio.

Contém também importantes antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres no organismo. Além disso, tem propriedades anti-inflamatórias que ajudam a proteger o fígado.

o que e cheiro verde

Como plantar cheiro verde em vasos

Para muitos de nós, o mais fácil mesmo é ir comprar o cheiro verde no supermercado e está pronto a ser usado!

Mas muitas pessoas preferem plantar, porque controlam todo o processo ou até mesmo porque tem ingredientes à mão para as suas receitas.

A parte melhor é que para plantar cheiro verde, pode ser feito em qualquer lugar, isto é:

  • No seu apartamento
  • No seu quintal
  • Na sua fazenda

Eu vou mostrar para você como plantar cheiro verde em vaso, porque assim qualquer pessoa pode fazer a sua plantação.

1 – Escolha do recipiente

Você pode cultivar as ervas em vasos normais ou em recipientes de cerâmica ou plástico.

Mesmo as garrafas de plástico podem ser reimplantadas e utilizadas para cultivar as plantas. É fundamental que o recipiente tenha um buraco no fundo, independentemente do material.

Caso você escolha utilizar garrafas PET, deve ter em atenção que é necessário cortar a garrafa ao meio e fazer dois furos no fundo. Esses furos irão servir para drenar a água.

2 – Crie camadas de drenagem

O mais importante é você perceber que necessita fazer uma camada de drenagem, independentemente do tipo de vaso que você vai utilizar.

A camada de drenagem é onde é mantido o excesso de água acumulada pelas plantas. Os melhores resultados são obtidos quando se utiliza argila expandida nesta fase. As pedras de saibro, por si só, também podem drenar a água, bem como os tabuleiros de isopor (quebrá-los em pedaços para fazer a camada).

Para que as raízes da planta não encontrem humidade, deve ser colocada uma manta de drenagem sobre a camada de barro, seixos, ou isopor. Naqueles que não têm uma toalha podem usar folhas de jornal ou um pedaço de TNT em vez disso.

3 – Preparação da terra

Após criar as camadas de drenagem, deve encher o vaso com uma boa terra que possa fornecer todos os nutrientes necessários à planta.

Em seguida, deverá enriquecer a terra do seu vaso com húmus de minhoca, ele é muito rico devido ter uma composição de cálcio, magnésio, potássio, fósforo, nitrogénio, etc… Eles ajudam muito no crescimento do cheiro verde.

A cebolinha e a salsa podem ser cultivados em solo orgânico em casa. Solo argiloso, areia, estrume de galinha, e bokashi (um fertilizante japonês) são normalmente utilizados.

A farinha de osso é também benéfica para melhorar a nutrição da planta.

É fundamental misturar completamente os ingredientes com uma pá antes de plantar, independentemente da combinação que escolher.

o que e cheiro verde

4 – Plantação

Vá no supermercado ou no mercado e compre cheiro verde, fure o solo e coloque as raízes que comprou. Caso eles sejam muito grandes, corte as raízes de forma que elas fiquem em pé na vertical.

Alternativamente, já que vai demorar mais tempo, pode adquirir as sementes, fazer todo o processo da plantação do zero e depois fazer o transplante para um vaso.

5 – Usar palhas

Para plantar cheiro verde num vaso, deverá fornecer o solo com uma cobertura de palha no final. Este material vegetal mantém a humidade do solo, inibe a perda de nutrientes e protege contra os insetos, mantendo as pragas fora do seu quintal.

6 – Iluminação e climatização

Para que o crescimento seja a um ritmo normal e de forma saudável, é necessário que durante algumas horas do dia o cheiro verde receba luz do sol diretamente. Assim é recomendado que os vasos recebam luz do sol diariamente.

Também é muito importante que em termos de clima, a temperatura adequada para o cultivo do cheiro verde esteja entre 13ºC e os 24ºC

7 – Periodicidade da rega

É necessário que o cheiro verde seja regado duas vezes por dia, sendo uma no período da manhã e a segunda rega no final do dia.

É muito importante perceber que não deverá exagerar na quantidade de água utilizada, pois este tipo de planta não gosta de receber água em excesso.

8 – Renovação do adubo

Misturar uma mão de húmus de minhoca (ou estrume) com meia mão de farinha de osso e 1,5 litros de água para fazer uma solução.

A seguir, deve diluir bem e posteriormente coloque uma medida (copo por exemplo) na terra antes de começar a regar.

Faça este procedimento semanalmente, mas nunca utilize esta solução para regar a planta, porque irá estragar as folhas.

9 – Prevenção das pragas

A cebolinha pode ficar doente e não crescer como resultado de algumas pragas. Um método para prevenir este tipo de problemas é adicionar naftalina ao solo. A naftalina afasta as pragas mais comuns (cochonilha, formigas, pulgões, etc) da nossa cebolinha.

Os fungos é outra grande dor de cabeça que temos para resolver. Normalmente os fungos atacam as folhas e elas acabam morrendo.

A solução para este problema é fazer uma mistura de 500ml de água com 30ml de vinagre, ponha a mistura num borrifador. Borrife regularmente as folhas e verificará que estas ficarão sempre verdinhas.

o que e cheiro verde

10 – A colheita

Não fique com pena de colher o que plantou para utilizar na sua cozinha e nos seus cozinhados.

Com uma tesoura corte as folhas do exterior, evitando a todo custo cortar a parte do interior. Se fizer a poda pelas bordas da planta, o seu crescimento nunca será prejudicado.

Por regra, a altura ideal para colher as folhas do cheiro verde é normalmente dois meses e meio após a data do plantio.

Perguntas frequentes sobre o cheiro verde

O que é cheiro verde?

O Cheiro Verde é uma deliciosa combinação de ervas aromáticas que pode ser usada em todos os tipos de cozinha. Cheiro-verde é uma mistura popular de ervas composta por cebolinha e salsa ou coentros no Brasil. São todas ervas aromáticas com centenas de anos de história atrás de si.

Qual a diferença de salsinha e cheiro verde?

O cheiro verde é a mistura de salsinha com coentro e cebolinha que é vendida num saquinho onde tudo está misturado. A salsinha é apenas uma erva aromática.

Para que o cheiro verde é bom?

As ervas aromáticas são fontes de flavonóides e tem propriedades anti-inflamatórias, antibacterianas, e antifúngicas. Beneficia todo o sistema imunitário, protegendo o corpo de doenças degenerativas.

Quais são os tipos de cheiro verde?

O cheiro verde está disponível em duas versões diferentes: A versão desidratada, onde ele é vendido seco em saquinhos. E também existe a versão fresca, neste caso ele é vendido em maços amarrados de ervas.
Ambas as versões poderão ser facilmente encontradas no supermercado, mercados locais, feiras, etc…

Pode congelar cheiro verde?

Sim, para congelar, lave bem a cebolinhas, a salsa ou coentros e pique em cima de uma tábua as folhas e caules em pedaços pequenos e coloque numa vasilha com tampa para que possa ir ao congelador, formando uma única camada.


Ou se preferir, coloque as ervas picadas em um saco fechado hermeticamente, e quando for utilizar numa receita pode colocar diretamente congelados.

Quanto tempo dura o cheiro verde?

O cheiro verde dura na geladeira até 20 a 25 dias (confira a receita abaixo) e no freezer até 2 meses (60 dias). Para garantir estes prazos deverá ser muito bem acondicionado.

A melhor receita com cheiro verde

Assim trago para vocês uma receita diferente mas ao mesmo tempo bastante útil, pois o grande desafio para todos nós é conseguir conservar o cheiro verde por mais do que 2 ou 3 dias sem que fique feio, sem cheiro.

Nesta receita eu mostro para vocês como conservar de forma bem simples o cheiro verde por pelo menos 30 dias!

Confira a receita abaixo passo a passo.

o que é cheiro verde

Cheiro verde: como conservar fresco por mais de 30 dias.

Aprenda como conservar cheiro verde fresco por mais de 30 dias
5 de 22 votos
Tempo Total 20 minutos
Prato Prato principal
Cozinha Brasileira
Porções 4 porções
Calorias 36 kcal

Ingredientes
  

  • 1 maço cheiro verde

Instruções passo a passo
 

  • Deixe o cheiro verde em cima de um pano de prato até escorrer toda a água (aprox. 20 minutos)
  • A seguir picar o cheiro verde até ficar em aos bocadinhos.
  • depois secar de novo, envolvido com o pano dos pratos até ficarem secos
  • Se quiser colocar na geladeira, coloque num tapaware sem cobrir com tampa, o ar da geladeira deixará o cheiro verde fresco e com o cheiro natural durante 20 a 25 dias.
  • Se colocar no congelador, coloque dentro de um tapaware e feche bem a tampa. O cheiro verde irá ficar soltinho e com o cheiro caracteristico, neste caso durará até 2 meses em condições ideais.

receita em vídeo

Nutrição

Servindo: 100gCalorias: 36kcal

Nota: Esta informação é fornecida como cortesia e é apenas uma estimativa. Estas informações provêm de calculadoras on-line. Embora a cozinhadave.com tente fornecer informações nutricionais precisas, estes números são apenas estimativas.

PALAVRAS CHAVE cheiro verde,, conservar cheiro verde
Já fez esta receita?Partilhe conosco como correu!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BR